CTR | Departamento de Cinema, Rádio e Televisão



Curta de alunas do Audiovisual é selecionado para o Festival de Arezzo, na Itália

Como Respirar Fora d'Água concorre a várias categorias, incluindo Favorito do Público, com votação pela internet; filme também integra a seleção de diversos festivais nacionais 

Comunidade

O curta-metragem Como Respirar Fora d'Água, dirigido por Júlia Fávero e Victoria Negreiros e produzido por Ricardo Santos, foi selecionado para o Festival de Arezzo, na Itália, onde ganha exibições entre 12 e 14 de outubro.

Fruto de Trabalho de Conclusão do Curso Superior do Audiovisual, o filme é o primeiro finalizado pelo Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) da ECA desde o início da pandemia. A história apresenta os dilemas de Janaína, jovem negra que após sofrer uma violenta abordagem policial passa a ver com outros olhos a relação com seu pai, também policial militar.

Além de disputar as diversas categorias do Premio Cinema Anima Latina, o filme pode ser eleito o Favorito do Público por meio de votação on-line. Para assistir ao curta e votar, acesse o site da premiação

 

Janaína, moça negra de pele retinta e cabelos curtos e crespos, está deitada e apoia a cabeça no colo de outra moça, com tom de pele mais claro e de quem só vemos o colo e parte dos braços e mãos. Ela acaricia o braço direito de Janaína, que está com um hematoma.
Cena de Como Respirar Fora d'Água. Foto: Divulgação. 

 

Outros festivaisPôster do filme Como Respirar Fora d’Água. Na parte superior aparece Janaína, negra retinta de cabelos curtos e crespos, de ponta cabeça e olhos fechados. Ao fundo, a superfície de uma piscina. Na parte inferior, em letras brancas, aparecem o título do filme e informações sobre elenco, equipe e os logotipos do CTR, da ECA e da USP.

Como Respirar Fora d'Água está também na seleção oficial do Festival Internacional de Belo Horizonte, que será realizado entre os dias 4 e 14 de novembro; do Festival Mix Brasil, de 10 a 21 de novembro; e do Cine Ceará, de 26 de novembro a 3 de dezembro. Todos os festivais terão exibições on-line e presenciais.

Eleito um dos dez favoritos do público na última edição do Curta Kinoforum - Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, em agosto, o filme ainda foi convidado, em junho deste ano, para exibição na Mostra Nicho, promovida pelo Instituto Nicho 54, voltado para a formação de profissionais negros no audiovisual.